Google+

Você está em: Principal > Serviços > Executados > Engenharia > PETROBRAS - IRACEMA - CABIÚNAS

PETROBRAS - Serviços de complementação do projeto básico do gasoduto IRACEMA - CABIÚNAS


Clique para Ampliar

Cruzamento - Bueiro e Adutora de Incêndio

Clique para Ampliar

Terraplenagem da área de SCRAPERS

Clique para Ampliar

Perfil - Travessia Canal Macaé

Clique para Ampliar

Construção 25 (Interferência Refeitório).

Clique para Ampliar

Perfil de sondagem percussiva

Em março de 2012 a ESTEIO foi a vencedora da licitação para a elaboração do projeto básico do gasoduto Iracema - Cabiúnas, com extensão de 4 km em trecho terrestre, localizado no município de Macaé, no âmbito do escopo do PLANSAL. O objetivo foi desenvolver um levantamento apurado dos quantitativos e materiais, equipamentos e serviços técnicos a serem utilizados nas fases seguintes.

Estudos

Foram realizados estudos de sinalização de faixa, projeto de curvamento, relatório fotográfico de vistoria, projeto de drenagem, relatório de localização de Pré-Teste Hidrostático, projeto de terraplenagem, detalhamento das metodologias construtivas e pré-detalhamento de planta, perfil e dutos na escala 1:1000, projeto de interligação do scraper recebedor de PIG, projeto da área de válvula, projetos de travessias e cruzamentos, emissão de planilha de levantamentos dos quantitativos de serviços e materiais e estudo hidrológicos.

Atividades de campo

As atividades de campo visaram subsidiar informações para os distintos projetos, entre eles: levantamento topográfico detalhado, através de coleta dos elementos existentes ao longo da faixa (divisas, construções, interferências, ferrovias, rodovias, áreas alagadas e alagáveis, entre outros). Para os estudos de travessias e cruzamentos foram realizadas sondagens diretas (percussivas) e indiretas (GPR- ground penetration radar). Para a caracterização da faixa foram feitas coletas de amostras das sondagens a trado e interferências de outros dutos obtida através da técnica PCM.

Relatórios

A partir dos dados altimétricos existentes da faixa e dados complementares de campo foi realizado o estudo de terraplenagem, apontando o melhor local do traçado dentro da faixa e os locais e quantitativos para a movimentação de terra na fase de construção. O relatório de drenagem originou-se destas informações. Nos locais dos cruzamentos e travessias e a partir dos dados geológicos definiu-se o método construtivo da passagem do duto (furo direcional, subfluvial e boring machine) com informações de profundidade, ângulos de entrada e saída, curvamento e toda a estratigrafia do terreno.

Os dados de campo acrescidos de dados de cartas, imagens satelitais, imagens aéreas entre outros subsidiaram os relatórios de estudos hidrológicos, permitindo analisar o comportamento das bacias hidrológicas contribuintes.

Com as informações dos cruzamentos e travessias e áreas de válvula e scraper foi emitido o relatório de teste hidrostático simplificado.

O relatório de curvamento foi determinado a partir da definição do traçado e dos estudos nas áreas de cruzamentos e travessias e chegadas e saídas das áreas de válvula e scrapers.

O relatório de sondagens geotecnológicas foi elaborado a partir das diversas sondagens realizadas em campo.

Os relatórios de vistoria e o relatório fotográfico identificaram todas as interferências ao longo da faixa fornecendo informações para a maioria dos estudos. As seguintes fotos apresentam as características da faixa:

De posse de todas estas informações emitiu-se uma planilha com os quantitativos estimados para a realização da obra: limpeza e acabamento do terreno, dispositivos de drenagem, quantidade de concreto para lastreamento dos dutos, recomposição da faixa, infraestrutura óptica, dispositivos de sinalização das faixas e das áreas, sinalização de vala (placa de concreto e fita adesiva), construção da faixa de trabalho entre outros.

Plantas e perfis

As plantas e perfis da faixa contêm os elementos coletados pela topografia, e em sua caixa de projeto diversas informações, entre elas: pressão de projeto, pressão de teste hidrostático, locais para colocação de jaqueta de concreto, fator de projeto, caracterização de terreno, tipo de revestimento, classe de locação, espessura do duto e diâmetro nominal, proteção do duto e cobertura mínima.

Cruzamentos e travessias

Visando atender ao órgão ambiental estadual, os estudos das travessias contemplaram a influência das bacias hidrográficas e a partir desta, a profundidade mínima de passagem do duto. Nos cruzamentos das rodovias estaduais, devido à programação de duplicação, foi feito o estudo de suportabilidade e com base neste definido a profundidade mínima de passagem do duto.

 

Página mantida pelo Departamento de Projetos
Rua Dr. Reynaldo Machado, 1151 - Prado Velho, Curitiba - Paraná - Brasil | CEP: 80215-242 | Tel: (41) 3271-6000 Fax: (41) 3332-3273 | Latitude (GMS): -25° 27' 7,20672" - Longitude (GMS): -49° 15' 20,47880" | Alt. Geométrica (m): 892,599 - Sistema WGS84
Copyright ESTEIO 2001-2017 © - Todos os Direitos Reservados - Resolução mínima 1024x768px